Faça Parte Da Lista VIP Junto Com 20.820 Profissionais

Receba um eBook com Protocolos de Terapêutica Medicamentosa

Será que a abertura coronária enfraquece o dente? Um dos principais erros de quem está começando a prática da endodontia é a não remoção total do teto da câmara pulpar. É muito comum, principalmente em dentes bi ou tri-radiculares, que os alunos de graduação tenham receio de perfurar ou desgastar a região de furca durante os procedimentos de abertura coronária, como visto na foto abaixo.

Tem surgido também muitos profissionais sugerindo que a abertura coronária deve ser o mais conservadora possível, e alguns têm chamado essas aberturas “ultra-conservadoras” de “acesso ninja” (rsrs) ou “abertura dente de rato” (rsrs)… Bom, não vou entrar no mérito da nomenclatura que estas aberturas têm recebido, apesar de pessoalmente achar ridículo qualquer um que se denomine ninja em alguma coisa.

A razão de proporem aberturas coronárias “ultra-conservadoras” seria para evitar a diminuição da resistência à fratura do dente tratado endodonticamente, ou seja, sob a alegação de que a abertura coronária enfraquece o dente. Evitar a fratura coronária é algo louvável e desejável, mas será que vale a pena deixar de remover todo o teto da câmara pulpar para teoricamente não enfraquecer o dente?

Há algum tempo atrás, publiquei um vídeo no YouTube falando sobre abertura coronária e resistência à fratura. Clique abaixo e assista.

Ao não remover todo o teto da câmara pulpar presente, corremos alguns riscos, tais como:

  • não conseguir localizar a entrada de algum canal ou não conseguir avaliar áreas de istmo presentes;
  • deixar restos de matéria orgânica que prejudicam o processo de sanificação e podem contribuir para a persistência da infecção;
  • impossibilitar a remoção de restos de material obturador e sangue, que pode levar ao escurecimento (discromia) do dente;
  • favorecer a incidência de tensões desnecessárias no instrumento endodôntico, com risco de fratura; dentre outros.

resistência à fratura coronária

Em relação à resistência do dente, sugiro a leitura do artigo de Reeh et al. (1989). Os autores examinaram o efeito de procedimentos endodônticos e restauradores na perda de resistência à fratura do dente.

Os autores concluíram:

  1. Procedimentos endodônticos reduziram a resistência à fratura em somente 5%, o que se deve exclusivamente à abertura coronária.
  2. Procedimentos restauradores foram os grandes responsáveis pela perda de resistência à fratura. Uma cavidade MOD reduziu a resistência do dente em mais de 60%.
  3. O rompimento da integridade da crista marginal foi a principal causa da perda de resistência à fratura dos dentes.

resistência à fratura coronáriaresistência à fratura coronáriaresistência à fratura coronária

Portanto, continue fazendo a abertura coronária como seu professor de endodontia lhe ensinou na faculdade. Se a abertura coronária enfraquece o dente, quando este for adequadamente restaurado, esta perda da resistência à fratura se torna insignificante. Enfim, não há ainda embasamento científico que justifique a permanência do teto da câmara pulpar em tratamentos endodônticos.


Se gostou, tem dúvidas, críticas ou sugestões, deixe o seu comentário abaixo! A sua opinião é muito importante para mim.

Não deixe de se cadastrar no blog e assinar o canal do YouTube. Em breve várias outras aulas e material para você aperfeiçoar sua prática clínica.

Sorria! Sucesso!

Forte abraço!

Welington


Welington
Welington

Dentista. Professor. Militar. Coach. Empreendedor. Entusiasta da internet como ferramenta para contribuir positivamente com a sua missão.

    12 respostas a "Abertura Coronária Enfraquece O Dente?"

    • Amei aula ,muito objetiva ,direta facil linguagem.Gostaria de saber sobre instrumentaçao passo a passo.Muito obrigado,ate mais .abraço

      • Welington

        Olá Denise! Muito obrigado pelo interesse e pela mensagem. Fico feliz que tenha gostado e sido útil de alguma maneira. Minha intenção é sempre contribuir positivamente para a sua prática clínica. Quanto à aula de instrumentação, dê uma olhada aqui no blog e no canal do YouTube que você encontrará algumas coisas que já publiquei. De qualquer maneira não deixe de se cadastrar e acompanhar o blog, e assinar o canal do YouTube para receber em primeira mão todo o material produzido. Em breve teremos novidades. Forte abraço, WPJ.

    • Maicon

      Gostei do assunto abordado, conteúdo interessante e objetivo. Muito obrigado por essas aulas professor Welington, estou cada dia mais fascinado pela endodontia.

      • Welington

        Olá Maicon! Muito obrigado pelo interesse e participação. Fico feliz que tenha gostado. Minha intenção é sempre contribuir positivamente para a sua prática clínica. Forte abraço, WPJ.

    • Maria de Nazaré dos Santos

      Obrigada, estou no 4 módulo de endondontia o assunto abordado me ajudou a tirar algumas dúvidas!

      • Welington

        Olá Maria! Muito obrigado pelo interesse e pela participação aqui no blog. Fico muito feliz que tenha sido útil para você de alguma maneira. Minha intenção é sempre contribuir positivamente para a sua prática clínica.
        Forte abraço, WPJ.

    • Eliane

      Amei a aula muito objetiva e dinâmica , foi bastante útil , muito obrigada

      • Welington

        Olá Eliane! Muito obrigado pelo interesse e participação aqui no blog. Fico muito feliz que tenha gostado e mensagens como a sua alimentam a minha motivação. Forte abraço, Welington.

    • Atilio

      Amigo!
      Você é muito bom, explica super bem mais eu acho que faltou umas animações para explicar sobre a endodontia! Mesmo que seja paga porque você é muito bom para explicar! Animações em flash ou JAVA mesmo mostrando tudo o que você explica que ai imaginamos de uma forma melhor as coisas! Tem gente que até entende o que você diz porém tem gente que entende de outra forma diferente! Espero ter te dado uma dica boa porque você é sucesso!
      Tudo de melhor gostei muito da explicação!

      • Welington

        Olá Atilio! Muito obrigado pelo interesse e pela contribuição com suas sugestões. Fico contente que tenha gostado. Abraço, Welington.

    • abdemir maia

      Muito boa a ula e explicação bem didática e que curso de especialização não vimos uma explicação tão acessível.

      • Welington

        Olá Abdemir! Muito obrigado pelo interesse e pela participação aqui no blog. Fico muito feliz que tenha gostado. Forte abraço, Welington.

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado.