Faça Parte Da Lista VIP Junto Com 20.820 Profissionais

Receba um eBook com Protocolos de Terapêutica Medicamentosa

O EMPREENDEDOR

Ele é um dos principais ícones do empreendedorismo no Brasil. Fundou a escola de inglês Wise-Up com apenas 23 anos de idade, usando como capital inicial 20 mil reais do cheque especial com juros de 12% ao mês. A Wise-Up se tornou uma marca líder no ensino de inglês para adultos, com mais de 500 franquias presentes em vários países além do Brasil, tais como: Argentina, Colômbia, México, Estadwise_up_logoos Unidos, China. Em 2013 ele vendeu a Wise-Up para o Grupo Abril Educação, uma das maiores redes de educação do mundo, por 877 milhões de reais, passando a ser o seu segundo maior acionista.

orlando_cityEntre 2009 e 2012, ele morou em Orlando, onde percebeu o enorme potencial do crescimento do futebol nos Estados Unidos. Em 2013 ele adquiriu o clube Orlando City, com o objetivo de fazer dele uma marca e torná-lo o segundo clube dos brasileiros.


EMPREENDEDORISMO COMPARTILHADO

Ele é também o idealizador do Geração de Valor, gvum projeto focado em inspirar jovens que estão iniciando a sua carreira e desejam chegar mais longe aprendendo com a experiência de mais de 20 anos de um grande empreendedor de sucesso. Neste projeto do Geração de Valor, um de seus seguidores o abordou com a seguinte questão:

O que você faria se tivesse 18 anos de idade com a experiência de hoje?”

Essa pergunta o intrigou tanto que escreveu um post onde respondeu à pergunta. Este post foi um dos posts mais lidos do Geração de Valor, com mais de 1,5 milhões de leitores, com uma enorme repercussão. Estou falando de Flávio Augusto da Silva.

Vejas as respostas dele à pergunta acima:

1. Jamais teria um emprego.

2. Venderia algum produto. Qualquer um: picolé, bala, bombom, relógio, pão etc. Identificaria o produto com o qual mais me identifico e estudaria tudo sobre ele.

3. Jamais me envolveria com pirâmides.

4. Numa segunda fase, depois de conquistar um pouquinho de capital, criaria modelos recorrentes de venda desse produto, tipo um serviço de entrega de pães todas as manhãs com consumidores associados. Me dedicaria a vender esse plano. Tudo sem muito capital, mas que me permitisse começar pequeno e sonhar grande e com escala.

5. Viveria com não mais do que 50% do que ganhasse para ampliar meu capital de giro.

6. Me dedicaria a estudar todas as fases do processo a fim de começar a fabricar meu próprio produto e investiria em minha própria marca.

7. Ampliaria meu mix de produtos.

8. Criaria canais de distribuição alternativos, por exemplo, franquias, online, venda direta, B2B etc.

9. No auge da companhia, venderia para um fundo, banco ou concorrente, embolsando uma enorme liquidez.

10. Com 5% do capital conquistado, começaria tudo de novo e investiria os 95% em investimentos conservadores em moeda estrangeira.”

empreendedorismo boiadaAh, ele também fundou a melhor escola de negócios online, a meuSucesso.com, e recentemente ele comprou de volta a Wise-Up por menos da metade do valor que vendeu, por 398 milhões de reais.

Se quiser ver o post original, com as repostas sobre o que o Flávio Augusto faria se tivesse 18 anos, clique aqui. Ele também mostra neste post os problemas mais frequentes.


Se gostou, tem dúvidas, críticas ou sugestões, deixe o seu comentário abaixo!

Não deixe de se inscrever aqui no nosso blog e canal do YouTube.

Sorria! Sucesso!

Forte abraço!

Welington


Welington
Welington

Dentista. Professor. Militar. Coach. Empreendedor. Entusiasta da internet como ferramenta para contribuir positivamente com a sua missão.

    2 respostas a "Empreendedorismo em 10 dicas"

    • Elmar Oliveira

      Excelente artigo!! Gostei muito, com muitas dicas e sacadas!! Isso vai me ajudar bastante! Meus parabéns!

      • Welington

        Olá Elmar! Muito obrigado pelo interesse e participação. Fico muito feliz que tenha gostado e por poder contribuir positivamente para sua prática clínica. Forte abraço, WPJ.

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado.