Faça Parte Da Lista VIP Junto Com 20.820 Profissionais

Receba um eBook com Protocolos de Terapêutica Medicamentosa

Leitura Dinâmica Para Concursos

É comum no meio dos inúmeros cursos preparatórios vermos vários especialistas propagando a leitura dinâmica para concursos como uma técnica milagrosa que fará você aprender melhor e mais rápido.

Mas por que eu sei que isso é um mito? Por que a leitura dinâmica não funciona na preparação para concursos? (VEJA O VÍDEO E/OU LEIA O TEXTO ABAIXO)


Olha, quero deixar claro antes de tudo que sou a favor de todo mundo aprender a ler melhor. Mas o fato é que de acordo com o próprio governo brasileiro, conforme publicado no site da Câmara dos Deputados em 2015, apenas 25% dos cidadãos brasileiros alfabetizados podem ser considerados leitores plenos, ou seja, pessoas que são capazes de entender qualquer tipo de texto. E para aprender de fato algum tema, qualquer tema, seja para concursos ou não, é preciso entender o assunto, não adianta apenas ler. Ler não é estudar! Faz sentido?

Assim, os cursos de leitura dinâmica são meramente terapêuticos. Em outras palavras, eles fornecem sobretudo técnicas de LEITURA ELEMENTAR.

Frequentemente há coisas que temos de ler, mas que não valem a pena dispensar muito tempo com elas, e se não as lermos rapidamente, implicarão uma enorme perda de tempo.

Também é verdade que muita gente lê devagar demais e deveria aprender a ler mais rápido. Mas também há muitos colegas que lêem alguns textos importantes rápido demais, e que deveriam ler mais lentamente.

Portanto, o que eu mostro para meus alunos no curso, é que eles devem aprender a ler em várias velocidades, e não apenas a ler mais rapidamente que leem hoje. Nesse sentido, eu procuro ensinar a velocidade certa de leitura, de acordo com a natureza e a complexidade do texto em questão.

Minha proposta é muito simples. Alguns textos não precisam ser lidos, alguns devem ser lidos rapidamente, e alguns poucos importantes devem ser lidos em baixa velocidade até que a compreensão seja completa!

Então olha que interessante, ao contrário do que muitos colegas acham quando não entendem um texto, os obstáculos para a compreensão de textos difíceis não são de ordem fisiológica ou psicológica. Logo, não se desespere ao começar a estudar e não entender um assunto novo ou difícil. Eu tenho certeza que você não é burro, e passar em concurso não tem nada a ver com QI alto. Geralmente as dificuldades para ler e aprender um assunto surgem porque o leitor não sabe o que fazer com o texto mais desafiador em mãos. Você precisa conhecer as regras de leitura, e precisa aprender a se preparar intelectualmente para essa tarefa.

Independentemente da velocidade de leitura, você não se sairá melhor e não aprenderá aquilo que é importante para a sua aprovação caso não saiba o que está procurando ou se já encontrou.

Enfim, quanto à velocidade de leitura, o ideal não é apenas saber ler mais rápido, mas saber ler em DIFERENTES VELOCIDADES, e principalmente saber quando tem que usar uma velocidade ou outra.


Se gostou, tem dúvidas, críticas ou sugestões, deixe o seu comentário abaixo! A sua opinião é muito importante para mim.

Não deixe de se cadastrar no blog e assinar o canal do YouTube. Em breve várias outras aulas e material para lhe ajudar na preparação para os melhores concursos de odontologia!

Sorria! Sucesso!

Forte abraço!

Welington


Welington
Welington

Dentista. Professor. Militar. Coach. Empreendedor. Entusiasta da internet como ferramenta para contribuir positivamente com a sua missão.

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado.